04 março 2009

Entrevista do FC: Bia (fundadora da comunidade do FC)


Quando falaram em blog pela primeira vez eu pensei logo na idéia de fazer estrevistas com as fundadoras e com outras garotas que ajudam no fã-clube (FC), para que todos pudessem conhecer as responsáveis por colocar o FC em funcionamento. Além disso, também seria como uma singela homenagem a elas.


Não sei qual será o futuro do blog, mas, se ele durar, pretendo continuar com essas entrevistas e conhecer um pouco mais dessas garotas tão importantes para o FC. Como primeira entrevista, ou entrevista experimental, pensei logo na Bia, que foi a fundadora da comunidade. No primeiro convite ela ficou meio em dúvida, não queria levar a glória da fundação do FC sozinha. Só depois de eu ter confirmado que ela não levaria a glória sozinha foi que ela concordou com a entrevista.


Primeiro vou cumprir a minha promessa. O FC não foi feito unicamente pela Bia, junto com ela estavam outras garotas que ajudaram a levar o projeto em frente e, que, se possível, serão entrevistadas e poderemos conhecer um pouco mais. Então, à todas as fundadoras do FC o nosso 'Muito obrigada!'.


Agora vamos à entrevista.


Blog Fã-Clube Skandar Keynes Brasil (BFCSKB): Como você conheceu o Skandar?

Bia: Quando assisti 'O leão, a feiticeira e o guarda-roupa', mas não entrei na comunidade ( Skandar Keynes [original] , onde surgiu a idéia do FC) nessa época. Eu tinha achado o trabalho dele interessante, pesquisei mais sobre ele, mas não virei fã. Só mais tarde. Na época eu só era fã de Harry Potter, eu acho. Não sei, faz tempo. (risos)


BFCSKB: O que te faz gostar mais do Skandie do que dos outros, por exemplo, o William Moseley?

Bia: Eu acho que o Skandar é diferente dos outros, sabe? Quer dizer, é lógico que ninguém é igual a ninguém, mas o Skandar meio que foge dos padrões. Ele é diferente dos outros atores da idade dele. O quê a gente vê normalmente? Aqueles meninos que são o sonho de qualquer menina: fofos, com belezas convencionais e bem comerciais. A forma dele se expressar, o talento, o jeito... São essas coisas que me fazem gostar mais dele do que dos outros. Ele é simplesmente diferente!


BFCSKB: Como surgiu a idéia do FC? Quem mais colaborou?

Bia: A idéia foi de uma menina da comunidade 'Skandar Keynes [Original]', que tentou organizar e não deu certo. Então a Cell retomou o projeto e começamos a discutir e talz. Foram surgindo ideias e eu criei a comunidade. Mas o FC foi fundado por muita gente.


BFCSKB: O que você acha que temos que melhorar pro FC dar certo?

Bia: Acho que o principal é aumentar a participação das participantes e tentar conseguir novos membros.


BFCSKB: Quais os seus maiores sonhos para o FC?

Bia: Eu espero, de verdade, que ele cresça bastante e que um dia se torne oficial (sim, eu sei que isso é beeem difícil). Também espero que nossos projetos deêm certo e que façamos muitos outros. Gostaria que o FC fizesse com que o Skandar tivesse conhecimentos das fãs brasileiras. Isso seria demais! *-*


BFCSKB: O que você gostaria de dizer para as outras participantes do FC?

Bia: Ah, olha, eu acho que a gente já teve muitos problemas e talz. Primeiro teve muito rolo pra decidir tudo, os problemas nas votações... E, depois que a gente resolveu tudo, todo mundo deixou de lado o FC. Eu sei que por tudo isso muitas pessoas parou de acreditar no projeto e algumas até largaram o FC, mas agora a gente tá voltando, e eu tenho certeza de que, se todo mundo se empenhar como a gente se empenhava antes, vai dar certo. E, bom, aproveitando, eu queria dizer que fico muito feliz de ter feito o FC, porque apesar da gente não ter conseguido nada em relação ao Skandar ainda, eu conheci meninas muito legais através dele. Elas sabem quem são. Eu amo vocês.


E essa foi a nossa 1ª entrevista. Críticas e sugestões, como perguntas e talz, serão bem-vindas! Queria agradecer mais uma vez à Bia pela ótima entrevista. Esperamos que todas tenham gostado de conhecer um pouco mais dela e da sua relação com o FC.


Por favor, deem uma nota à entrevista, logo aqui embaixo...


Obrigada pela atenção!

Nenhum comentário: